domingo, 25 de setembro de 2016

Vais continuar a inventar desculpas?


Hoje tenho passado o dia a pensar nas desculpas que arranjamos para não fazermos algo. 


Acontece com toda a gente e comigo não é excepção: está frio/calor, tenho de fazer "x" (geralmente algo irrelevante e dispensável), a culpa é do meu chefe/mãe/irmão/marido/filho, não tenho tempo/dinheiro/recursos/...

 

 

Este ano fui pela primeira vez ao Festival Andanças. Fui como voluntária uma semana. 

A experiência teria sido inacreditável não fosse a meio da semana deflagrar um incêndio que me roubou o meu carro de sonho. Foi uma das mais dolorosas perdas que já tive. O valor emocional era e é difícil de resolver. 




Curiosamente na sexta-feira antes de me vir embora, descubro que uma pessoa descobriu um cachorro abandonado. Não pensei 2 vezes... Não arranjei desculpas. Sem carro ofereci-me para o trazer comigo. Sabia que estava doente, e quando cheguei a Lisboa confirmei a pior das notícias: leishmaniose.



O nome dele é Andanças :) 

É um labrador puro com pouco mais de um ano. Está treinado para algumas coisas, portanto o dono provavelmente abandonou-o pela doença que ele contraiu e cujo tratamento é caro e para a vida inteira. Mas apesar das dificuldades pelas quais passou enquanto cachorro abandonado, ele não tem traumas... é alegre e bem disposto e hoje é feliz e a saúde está cada vez melhor. Vive com os meus pais e com mais 5 patudos...

Está a ser tratado, vai ter uma vida saudável porque não arranjei desculpas. Sozinho passaria uma vida de sofrimento. 


E tu? Vais continuar a arranjar desculpas? Vais continuar a aceitar o pouco que te conheces? Vais agarrar-te a 1 vida q já não faz sentido? 


Marca já a tua sessão inicial, através do e-mail planeandoavida@gmail.com com o assunto "Quero mudar a minha vida" e vem descobrir como podes mudar a tua vida e ser feliz :)


Até ja
M@rta